eu existo, eu existi.

Bem-vindo ao blog da filosofia banal, polêmica e sem fundamento.

Francisco

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O Prêmio

Você gosta de desafios? O que lhe instiga tanto ao lhe participar de um? Passamos por eles em cada dia da nossa vida, sempre temos um desejo a ser realizado e é aí que se encontra a vontade de viver, de estar vivo. O desafio, seja ele qual for, esconde um prêmio atrás dele. Todos nós gostamos de ser premiados com o que queremos e buscamos ser o melhor de todos, vencer os desafios para conseguirmos nos realizar.

Porém só tem uma coisa que seria muito melhor que ganharmos o desafio e receber prêmios. E essa coisa não é nada mais, nada menos, que VOCÊ MESMO SER O PRÊMIO, ser o que as pessoas buscam, ser uma boa convivência, estar no centro de onde vive e ter seu valor. Como fazer isso?

O jogo é o seguinte: tente realizar pequenos desafios para as pessoas em cada segmento de sua vida, em cada hora do dia. Esteja apto a dar e receber algo das pessoas. Veja o que você tem de melhor para dar, veja o que as pessoas tem de melhor a te oferecer e fique livre para subornar e trocar "produtos". Isso mesmo! Seja interesseiro e suborne. Nunca pau mandado. Premeie todo bom comportamento a você e exiga ser premiado também.

Quando alguém lhe fizer um favor, ou algo que você goste, não fique só falando obrigado, deixe as formalidades pra depois. Diga a ela que ela agora merece um beijo, merece um pirolito, merece escutar uma boa história, uma piada, mais dez minutos de sua presença, um elogio, etc. Sua energia será boa, valorizada, além de estimular a outra pessoa a continuar fazendo boas ações para você.

Quando alguém lhe pedir um favor, ou algo para ela, não dê muito fácil, não entregue simplesmente. Peça uma palavra mágica. E não estou me referindo a por favor, pois formalidades servem apenas para a vida profissional. Peça um atitude carinhosa, um segredo, outro favor futuro, diga que ela agora está lhe devendo muito, mande ela gritar que você é lindo, tesão, bonito e gostosão, ofereça condições. Ela verá que para conseguir algo de você não vai ser tão simples assim, vai ter um jogo, vai ter algo a mais.

Importante: Não deixe de negar o que você realmente não quer. Uma boa maneira de negar é dar logo um rápido, curto e grosso NÃO, vai demonstrar dificuldade e que não está afim mesmo. Se começar a querer dar desculpa vai acabar fazendo o que não quer.


Não estou aqui falando de grandes coisas materiais, estou falando de nosso relacionamento diário com quem nos cerca, de uma informação, de um lanche na cantina, de um quilo de açúcar, de uma resposta, de uma cola, de ir desligar o ventilador, e cada coisa simples que acaba passando em branco por nós. Todos somos carente de afetividade e carinho. Demonstre alegria e alegria receberá, demonstre tristeza e tristeza terá, demonstre amor e com certeza amor receberá.

Francisco

2 comentários:

  1. Vc sabe que eu sou supeito pra falar mas concordo com vc em gênero número e grau...

    ResponderExcluir
  2. Fala e disse.
    Concordo plenamente.
    As vezes temos que ser um poquim chatos.

    http://parada-ob.blogspot.com/

    ResponderExcluir